O que é Febre do Leite?

A Embrapa Gado de Leite disponibiliza para o produtor rural a publicação “500 Perguntas 500 Respostas” destinado à criação de gado leiteiro. Um das questões respondidas é: O que é febre do leite?

Segundo a publicação, a febre do leite, ou tetania da lactação, é uma doença metabólica que ocorre na primeira semana pós-parto, principalmente em animais de alta produção. Caracteriza-se pela elevação de temperatura, tremores e prostação dos animais, que ficam deitados.

Com o início da lactação, a demanda por cálcio aumenta consideravelmente, ocorrendo queda no nível desse mineral no sangue. Para reduzir a incidência da “febre do leite”, recomenda-se evitar excesso de cálcio na dieta das vacas durante o período pré-parto – quando as necessidades são pequenas – , aplicação de vitamina D no periparto, e, principalmente fornecimento de dieta aniônica (sal aniônico). O tratamento dos animais doentes, com aplicação de cálcio endovenoso é a medida recomendada, devendo ser realizada sob a orientação de um médico veterinário.

Informações Embrapa Gado de Leite

ExpoMS começa no dia 19 de agosto

Campo Grande (MS) recebe nos dias 19 a 21 de agosto a ExpoMS, festa que reunirá entretenimento e negócios do setor agropecuário.

Durante os três dias de programação, o palco das apresentações será o Parque de Exposições Laucídio Coelho, localizado na Rua Américo Carlos da Costa, n.320, América.

Com shows de artistas nacionais badalados no cenário atual, o evento trará como destaque os artistas Jorge & Mateus, dupla que irá apresentar uma retrospectiva dos seus 10 anos de carreira. Também vão estar presentes Matheus & Kauan, eles se apresentam no último dia de festa, cujas entradas serão gratuitas para todo o público.

Veja a programação de shows:

19 de agosto: Henrique & Diego + Simone & Simaria
20 de agosto: Jorge & Mateus
21 de agosto: Matheus & Kauan + João Gustavo & Murilo

Gir Leiteiro e Girolando serão ofertados em remate no dia 14

A Fazenda Pilar e Nova Terra realizam no próximo domingo, 14 de agosto, leilão de gado Gir Leiteiro e Girolando.

O remate será exibido no Programa do Leite Especial, a partir das 10 horas (horário de Brasília), e transmitido pelo Canal Rural.

Serão ofertados matrizes Gi Leiteiro, reprodutores Girolando, bezerras e novilhas 1/2 sangue, novilhas girolando gestantes e pacotes de sêmen.

Participe!

Mais informações:

http://bit.ly/2aCWDc4

Bezerros podem consumir cana de açúcar e ureia?

A Embrapa Gado de Leite disponibiliza para o produtor rural a publicação “500 Perguntas 500 Respostas” destinado à criação de gado leiteiro. Um das questões respondidas é: A cana-de-açúcar e a ureia podem ser utilizadas na alimentação dos bezerros jovens?

Segundo a publicação, bezerros que já ruminam (aproximadamente, 30 dias de vida) podem receber cana-de-açúcar corrigida com 1% da mistura de 900 g de ureia e 100 g de sulfato de amônio, para cada 100 kg de cana-de-açúcar in natura.

A cana é rica em açúcares (50% na base de matéria seca) e possui 50% de fibra detergente neutro (FDN), mas apenas 25% a 30 % dessa fibra são digeridos no rúmen pela população microbiana.

A cana corrigida com ureia (10% de PB) ainda é insuficiente para atender a necessidade de PB dos bezerros. Outra opção seria a utilização de silagem de milho que apresenta melhor qualidade e maior consumo que a cana. Contudo, há necessidade de suplementação proteica para balancear a dieta dos bezerros.

Gestão da pecuária leiteira será tema de curso em MG

A Rehagro realiza a partir de 25 de agosto, em Uberaba (MG), o curso de capacitação Gestão da Pecuária Leiteira.

Direcionado a produtores, gerentes, funcionários de fazendas leiteiras, técnicos agrícolas e estudantes, o curso tem como objetivo ampliar o resultado financeiro da propriedade.

Consta na programação, os temas:

– Bases para o planejamento do sistema de produção;
– Planejamento forrageiro para rebanhos leiteiros;
– Manejo alimentar de vacas leiteiras;
– Criação de bezerras e recria de novilhas leiteiras;
– Controle de mastite e qualidade do leite;
– Controle financeiro (fluxo de caixa e custos de produção);
– Gestão de índices como estratégia para tomada de decisão;
– Gerenciamento de pessoas e equipes;
– Gerenciamento da sanidade;
– Gerenciamento da reprodução;
– Melhoramento genético;
– Gestão da pecuária leiteira.

Serão 12 encontros mensais de 2 dias (quintas-feiras e sextas-feiras) de 08h00 às 18h00.

Ficou interessado?

Mais informações: http://materiais.rehagro.com.br/gestao-pecuaria-leiteira-uberaba-2016

Começa Interleite 2016

Teve início nesta quarta-feira (03) o Interleite Brasil 2016, evento realizado na cidade de Uberlândia (MG), com a presença de 1300 inscritos.

Serão 18 apresentações feitas por produtores de leite que vivenciam na prática a pecuária leiteira. A programação está dividida em seis painéis temáticos, com três palestrantes cada, os quais contarão suas experiências em relação ao tema do painel.

O evento contará com um painel de tecnologia aplicada, com a participação de algumas empresas, dentre elas as Parceiras Master da Girolando DSM|Tortuga e Zoetis,além de uma palestra especial sobre mercado.

O presidente da Girolando Jônadan Ma, o superintendente técnico Leandro Paiva e os técnicos da entidade Edivaldo Júnior, Fernando Boaventura, Gustavo Gonçalves e Limirio Bizzinotto participam do InterleiteBrasil 2016.

Informações Girolando

Fazendas do Basa promove leilão de Gir e Girolando em agosto

Acontece no dia 7 de agosto, a partir das 10 horas, o primeiro grande leilão de Reprodutores de Elite do Basa e de fêmeas Gir Leiteiro e Girolando Meio Sangue Plus.

Serão ofertados 34 lotes de machos, 12 lotes de fêmeas Gir Leiteiro e 13 lotes de fêmeas Girolando Meio Sangue Plus.

“Os reprodutores Fabuloso do Basa e Metano FIV do Basa são uma amostra do que essa genética é capaz de produzir, animais de muita eficiência reprodutiva, rusticidade, expressão racial e muito leite”, revela informações divuklgadas em material do leilão.

O remate será transmitido pelo Canal Rural.

Mais informações: http://www.fazendasdobasa.com.br/

Curso de manejo básico de bovinos de leite em MS

As cidades de Nova Andradina e Iguatemi, no Mato Grosso do Sul, sediam entre os dias 14 a 16 de julho o curso “Manejo Básico de Bovinos de Leite”.

A capacitação, promovida pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar/MS, tem como objetivo auxiliar os produtores a executar corretamente em todas as fases produtivas.

Na programação consta os seguintes assuntos: Suplementação do rebanho leiteiro; Cuidados com a vaca antes e depois do parto; Sistema de aleitamento; Criação de novilhas leiteiras; entre outros.

Em Nova Andradina o curso acontecerá no Sindicato Rural do município. Em Iguatemi será realizado no assentamento Auxiliadora.

Informações podem ser obtidas pelos e-mails abaixo:

srnovaandradina@uol.com.br
sindrural_iguatemi@hotmail.com

Pecuária Leiteira será tema de Workshop

Acontece no dia 29 de julho a primeira edição do Workshop Senar TE Leite – Consultoria e Inovação no Campo.

O evento será realizado no parque de exposições do município de Pontes e Lacerda, no interior de Mato Grosso.

Confira a programação:

08h00: Inscrições e Abertura
09h00: Plaestra: Assistência Técnica – Fator decisivo para o sucesso da Pecuária Leiteira, com Matozalém Camilo Neto.

10:00 Palestras
Estação 01: Manejo Correto da ordenha e qualidade do leite
Estação 02: Boas práticas na indústria
Estação 03: Transporte de leite in natura: avanços, desafios e tendências
11h30: Almoço
13h00: Vitrine do Leite
16h00: Encerramento.

Participe!

Informações podem ser obtidas pelo telefone (65) 99915-5937.

Qual a melhor estratégia para a reposição de fêmeas?

A Embrapa Gado de Leite disponibiliza para o produtor rural a publicação “500 Perguntas 500 Respostas” destinado à criação de gado leiteiro. Um das questões respondidas é: Qual a melhor estratégia para a reposição de fêmeas?

Segundo a publicação, a taxa de reposição de fêmeas no rebanho deve ser igual ou superior a 25% ao ano. A melhor estratégia é elevar ao máximo a taxa de parição do rebanho e reduzir a taxa de mortalidade de bezerros. Quanto maior o número de nascimentos, maior será a possibilidade de selecionar os melhores animais.

Se a taxa de natalidade é de 80% e assumindo que em média nascem 50% de fêmeas, têm-se 40% de fêmeas. Considerando-se a taxa média de 5% de mortalidade, sobram 38% de fêmeas para reposição. Dessa forma, teoricamente, a taxa de reposição poderia ser de 38%. Isso indica que usando 25% de reposição de vacas, saem do rebanho de 100 vacas, 25 para descarte, e as vacas não precisam ficar por mais que quatro lactações.

Assumindo-se que se faça inseminação artificial no rebanho e seleção de touros melhoradores, as filhas serão melhores que as mães. De maneira que se a reprodução é boa, sobram todos os machos e parte das novilhas para serem vendidas. Outra estratégia é vender vacas e segunda lactação para melhorar a rentabilidade da atividade leiteira.

Gir Villefort promove leilão virtual no dia 26

Acontece no dia 26 de julho, a partir das 21 horas (horário de Brasília), o Leilão Virtual Top Leite Gir Villefort.

Serão ofertados 56 fêmeas Gir Leiteiro PO, entre bezerras, vacas e novilhas prenhas; cinco reprodutores além de ofertas especiais de sêmen.

O leilão será transmitido pelo Canal Rural.

Participe!

Mais informações: http://programaleiloes.com.br/agenda/leilao/4505-leilao-virtual-top-leite-gir-villefort

Villela Pedras promove 1º Leilão Virtual

Acontece no dia 7 de julho,a partir das 21 horas,a primeira edição do Leilão Virtual Gir e Girolando Villela Pedras & Convidados Especiais.

Serão ofertados 100 fêmeas das raças, sendo vacas em lactação, novilhas prenhas e bezerras FIV.

O remate será transmitido ao vivo pelo Canal Rural.

Participe!!

Mais informações podem ser obtidas no site do Programa Leilões:

http://bit.ly/29IRIqG

Por que a vaca urina sangue?

A Embrapa Gado de Leite disponibiliza para o produtor rural a publicação “500 Perguntas 500 Respostas” destinado à criação de gado leiteiro. Um das questões respondidas é: Qual a causa da vaca urinar sangue? Qual tratamento?

Segundo a publicação, quando a vaca está urinando sangue, suspeita-se inicialmente de três causas: Ingestão de planta tóxica (ex: samambaia); Tristeza parasitária bovina e Braquiária Tanner Grass.

A samambaia possui efeito cancerígeno no gado. Ela irrita a mucosa da bexiga desenvolvendo a neoplasia (câncer). O princípio tóxico da planta se acumula no organismo do animal a ponto de causar a doença. Quando o animal apresenta os sintomas e no pasto em que ele se encontra existe a samambaia, a primeira suspeita é essa patologia.

Não há tratamento terapêutico eficaz para bovinos. Pode-se tentar transfusão de sangue e antibioticoterapia, visando conter as infecções secundárias. Uma boa medida pode ser o descarte do animal para corte.

A Tristeza Parasitária Bovina (TPB) é uma das duas doenças cujos agentes causadores (Babesia spp, Aaplasma marginale) podem ser transmitidos por carrapato. Na babesiose, a urina pode tomar cor que varia desde vermelho até marrom escuro. Quando diagnosticada e tratada em tempo hábil a recuração do animal é relativamente rápida.

Já o consumo da braquiária Tanner Grass pelo gado pode também alterar a cor da urina. Deve-se então mudar o animal de pasto.

Sempre que constatar qualquer alterações nos animais deve-se chamar, o quanto antes, um veterinário para fazer o correto diagnóstico.

Fardo FIV Mutum, touro gir, completa 10 anos de idade

O touro da raça Gir Leiteiro Fardo FIV Mutum completa nesta sexta-feira, 10 de junho, 10 anos de idade.

O exemplar é destaque da bateria da CRV Lagoa, onde chegou em 2008 e se encontra até os dias atuais.

O reprodutor não retornou mais para a Fazenda Mutum, do criador Léo Machado Ferreira, já que a demanda por sua genética é muito elevada, tendo crescido após o resultado do teste de progênie, em maio de 2015, onde foi divulgada a sua liderança absoluta no 23º Grupo de Touros Provados PNMGL EMBRAPA/ABCGIL, com PTA de 592,9 kg para leite e 94% de confiabilidade, tendo mais de 200 filhas avaliadas em 90 rebanhos.

Fardo é filho de Radar dos Poços e Dengosa Mutum, que fizeram história no Gir Leiteiro.

Fardo foi Reservado Grande Campeão na ExpoZebu e na Megaleite, além de obter vários campeonatos de progênie de pai na Feileite, ExpoZebu e Megaleite, superando progênies de touros provados. Se destacou no 3º Mutum Weekend, realizado na Fazenda Mutum, em Alexânia (GO), quando teve 50% de sua posse comercializada por preço recorde pela Fazenda Agrogir Genética e Manejo, de Orizona (GO).

De acordo com Tatiane Tetzner, gerente de produto Leite Zebu da CRV Lagoa, “Fardo encanta a todos os visitantes com sua docilidade e sua beleza racial. Homozigoto BB para Beta lacto-globulina e genótipo A2A2 para beta-caseína, com inúmeras filhas de destaque em produção e conformação funcional, como Ilha, Igual e Ilca, e campeãs extraordinárias como Daís, Sacada, Valeska, Ofélia, Devassa e Dengosa FIV WAD”.

Informações Assessoria de Imprensa CRV Lagoa