Uma vaca deve ser descartada depois de quantas lactações?

A Embrapa Gado de Leite disponibiliza para o produtor rural a publicação “500 perguntas 500 respostas” destinado à criação de gado leiteiro. Uma das questões respondidas é: Uma vaca deve ser descartada de pois de quantas lactações?

Segundo a publicação, nos países de pecuária leiteira mais desenvolvida (EUA, Canadá, entre outros), apenas 15% das vacas em lactação têm mais de cinco crias. A média, nesses países, é de três crias por vaca, e a ocorrência do primeiro parto em torno dos 24 meses de idade.

Considerando-se que o intervalo médio de partos é de 13 meses, isso significa que mais da metade das vacas do rebanho é descartada entre 5 e 6 anos de idade. Somente as vacas especiais devem ser mantidas no rebanho por mais de 5 lactações.

Informações Embrapa Gado de Leite

Gir Villefort promove leilão no dia 5 de fevereiro

Acontece no dia 5 de fevereiro, a partir das 10 horas, Leilão Virtual Villefort.

O remate será exibido no Programa do Leite, transmitido pelo Canal Rural.

Serão ofertadas novilhas e bezerras Gir Leiteiro PO; Novilhas Girolando prenhes; bezerras Girolando; reprodutores Gir Leiteiro, além de sêmen dos reprodutores Cabral do Villefort, Eden Radar, Tabu TE Cal e C.A. Sansão.

Participe!

Mais informações: http://www.programaleiloes.com/agenda/leilao/10031-catvirtual-programa-do-leite-villefort

Concursos leiteiros terão novas regras a partir de 2017

Reunião realizada em Brasília (DF) na última quarta-feira (14) definiu que, a partir de 2017, os concursos leiteiros terão que atender novas determinações para garantir o bem-estar animal e as boas práticas de ordenha.

A Normativa deve ser publicada no primeiro trimestre de 2017 e já será aplicada no concurso leiteiro da ExpoZebu 2017, que terá as ordenhas realizadas de 29 de abril a 3 de maio.

Dentre as diversas determinações da norma, algumas são: a proibição do uso de medicamentos, a fiscalização do concurso por um profissional credenciado pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária, a adoção das boas práticas de ordenha e o alojamento dos animais nos pavilhões seguindo as normas de bem-estar.

Outra alteração diz respeito à definição das campeãs dos concursos leiteiros. A premiação não será mais para a vaca que produzir maior volume de leite e, sim, a que atingir melhor desempenho com base em volume, proteína e gordura.

A reunião contou com a participação de representantes da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), do Departamento de Desenvolvimento das Cadeias Produtivas e da Produção Sustentável (DEPROS) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), da Universidade Estadual Paulista (UNESP), da Associação Brasileira dos Criadores de Gir Leiteiro (ABCGIL), da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos da Raça Holandesa e da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando.

Informações ABCZ

Produtores de leite recebem apoio do Minas Pecuária

Produtores de leite do município de Campestre, no interior de Minas Gerais, estão aumentando a produção leiteira da propriedade através de uma gestão correta.

O apoio para tal conquista deve-se ao Programa Minas Pecuária coordenado pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa-MG), executado pela Emater-MG, Instituo Mineiro de Agropecuária (IMA), Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais.

Gaspar Pereira é um dos pecuaristas do município que participam do programa. A propriedade dele foi transformada em uma unidade demonstrativa, que serve de referência para outros produtores.

Antes de participar do Minas Pecuária, o rebanho de cinco vacas do produtor produzia 40 litros de leite por dia. Após um ano seguindo as orientações do programa e dos técnicos da Emater-MG, a produção dobrou.

Para conseguir esse resultado, Pereira teve de mudar o manejo do gado e da pastagem, adotou o pastejo rotacionado, passou a fazer a adubação do pasto com ureia e trocou a braquiária por capim-mombaça, substituiu a ordenha manual pela mecânica, redobrou a atenção com a higienização da ordenha para evitar contaminações.

Outra mudança implantada pelo produtor foi na gestão da propriedade. O pecuarista passou a anotar tudo referente à produção o que contribuiu para que o produtor aumentasse o seu rebanho. Hoje são 15 vacas, produzindo diariamente 180 litros de leite.

Informações sobre o Minas Pecuária estão disponíveis no site abaixo:

http://bit.ly/2gEmisg

Fazenda Calciolândia promove leilão virtual no dia 15

Acontece no dia 15 de dezembro, a partir das 21 horas, o Leilão Virtual Fazenda Calciolândia Especial de Natal.

O remate ofertará 50 animais da raça Gir Leiteiro, entre bezerras, novilhas e matrizes.

Entre os lotes ofertados estão:

Lote 02 – Gramita FIV Cal
Fêmea nascida em 01/11/2013. Filha de Modelo TE de Brasília x Abalável Cal.

Lote 09 – Injeção FIV Cal
Fêmea nascida em 08/10/2014. Filha de C.A Sansão x Borbulha Cal.

O remate será transmitido pelo Canal Rural.

Mais informações: http://www.programaleiloes.com/agenda/leilao/8572-virtual-fazenda-calciolandia-gir-leiteiro

Embrapa publica livro sobre pecuária leiteira no Brasil

A Embrapa lançou recentemente o livro “A Pecuária de leite no Brasil: cenários e avanços tecnológicos”.

A publicação traz 23 capítulos distribuídos em 436 páginas e apresenta uma radiografia do setor, no qual aborda o cenário atual e futuro da cadeia produtiva do leite, bem como as tecnologias disponíveis e as inovações.

É direcionada aos pesquisadores, agricultores e agroindustriais, exportadores, consumidores e demais interessados no assunto.

O livro representa uma parceria inédita, do ponto de vista editorial, com a Embrapa Pecuária Sudeste, com sede em São Carlos (SP). O empreendimento contou com o patrocínio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Os interessados podem adquirir exemplares na Embrapa Pecuária Sudeste, por meio do telefone (16) 3411-5600 ou Embrapa Informação Tecnológica, (61) 3448-4236.

Foto: Rubens Paiva/ Divulgação/Embrapa

Fazenda Coqueiro e Barreiro promove leilão de gir

Acontece no dia 5 de dezembro, a partir das 21 horas, o Leilão Virtual Reserva Especial Gir Leiteiro, promovido pela Fazenda Colqueiro & Barreiro JMMA.

Serão ofertados 34 lotes da raça Gir Leiteiro, entre eles:

Lote 02 – Tenda FIV JMMA.
Fêmea nascida em 29/10/2005. Filha de Radar dos Poções x Moda F. Mutum.Tem lactação oficial ABCZ de 7.637 Kg (real), em 305 dias. Segue inseminada do PH Uisque.

Lote 14 – Caza JMMA
Fêmea nascida em 14/03/2012. Filha de Casper TE Kubera x Zaza FIV JMMA. É muito produtiva, ótimo úbere e beleza racial. Segue parida de macho de Einstein da BDL e já com prenhez confirmada do PH Uisque.

O remate será transmitido ao vivo pelo Canal Rural.

Participe!

O catálogo encontra-se disponível no site abaixo:

http://www.programaleiloes.com/agenda/leilao/8146-catreserva-especial-gir-leiteiro-fazenda-coqueiro-e-barreiro

Gir Villefort promove Leilão Top Leite

Acontece no próximo domingo (4), a partir das 10 horas, o Leilão Top Leite Gir Villefort.

Serão ofertados reprodutores Gir Leiteiro PO, bezerras, vacas e novilhas PO prenhas, bezerras da raça Girolando além ,de venda de sêmen dos reprodutores Cabral do Villefort e Tabu TE Cal.

O remate será transmitido ao vivo pelo Canal Rural.

Participe!

Abertas inscrições para curso de manejo básico de bovinos de leite

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Mato Grosso do Sul (Senar MS) realiza no município de Ivinhema, nos dias 21 a 23 de novembro, o curso de manejo básico de bovinos de leite.

O curso tem como objetivo compartilhar com os participantes as técnicas corretas do manejo, em todas as fases produtivas, garantindo a eficiência na produção de leite com qualidade

A capacitação, que será realizada no Parque de Exposições, traz em sua programação os seguintes assuntos: Suplementação do rebanho leiteiro, Criação de novilhas leiteiras, Manejo reprodutivo, Cuidados com a vaca antes e depois do parto, entre outros.

Para participar é necessário ter idade mínima de 18 anos, ter concluído o 5º ano do ensino fundamental.

Estão disponíveis 15 vagas.

Informações: (67) 3442-2002.

Vem aí I Exposição Homologada de Girolando de Nossa Senhora da Glória

Pela primeira vez, a cidade de Nossa Senhora da Glória, em Sergipe, terá julgamento homologado da raça Girolando.

A competição acontecerá durante a 10ª Festa do Ouro Branco de Nossa Senhora da Glória, agendada para o período de 9 a 12 de novembro, no Parque de Exposições João de Oliveira Dantas.

A 1ª Exposição Homologada de Girolando terá como jurado Limirio Cezar Bizinotto, que irá dirigir os trabalhos nos dias 11 e 12 de novembro.

A feira ainda terá Torneio Leiteiro. As duas competições oferecem premiação de R$10 mil cada.

Informações Girolando

Produtores do Amazonas apostam no Girolando

O técnico credenciado da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando no Amazonas, Emílio Afonso, faz um relato de como a raça Girolando vem transformando a pecuária amazonense.

“A pecuária leiteira vem se aprimorando racionalmente no Amazonas, com o uso de maior lotação de animais por hectare e com a adoção das técnicas difundidas pelo Programa Balde Cheio. Esse investimento em tecnologia vem elevando a produtividade dos rebanhos, gerando mais renda para os produtores, o que incentiva a entrada de novos pecuaristas no setor.

Um exemplo está no município de Presidente Figueiredo, localizado a cerca de 80 km de Manaus. Na região, surgiu há três anos uma microbacia leiteira que conta com um laticínio preparado para processar até 50 mil kg de leite dia. A base da produção leiteira é a raça Girolando, formada por animais importados de Minas Gerais por criadores amazonenses. Manicore é outro município que já conta com um laticínio com capacidade para até 100 mil Kg dia, sendo hoje mais uma microbacia em formação no Amazonas. Até cinco anos atrás, o único tipo de leite disponível para o consumidor era o em pó.

A predominância nos pastos era do gado de corte, como em Apui, no Sul do Amazonas. Hoje, a cidade está investindo na pecuária leiteira. Nos arredores de Manaus nos últimos três anos instalaram-se três plantas de laticínios. Para o próximo ano a pecuária leiteira deve se consolidar em mais três municípios, como Parintins, a Terra dos Bumbas Garantido e Caprichoso. Visitei a cidade recentemente e vi a empolgação do povo. Muitos participaram da Megaleite este ano e visitaram propriedades leiteiras funcionais e estão muito animados em investir na raça Girolando.

Enfim, em um Estado onde 80% da área das propriedades rurais estão impedidas de serem utilizadas por conta de Lei Ambiental, o povo vem correndo atrás de opções para ficar no negócio e viram no leite uma boa oportunidade. Os produtores estão cada vez mais animados.”

Informações Girolando

Quais os melhores horários e intervalo entre as ordenhas?

A Embrapa Gado de Leite disponibiliza para o produtor rural a publicação “500 Perguntas 500 Respostas” destinado à criação de gado leiteiro. Um das questões respondidas é: Em regime de duas ordenhas, quais são os melhores horários e o intervalo de tempo entre elas?

De acordo com a publicação, o horário da ordenha depende de vários fatores, entre eles o comportamento do animal sob pastejo, o horário de entrega ou do recolhimento de leite, e a disponibilidade de mão de obra.

Se as vacas são mantidas a pasto, a primeira ordenha deve ser feita de modo a não prejudicar o animal no momento de maior pastejo, que geralmente ocorre ao amanhecer. Portanto, é recomendável que essa ordenha seja feita de 1 a 2 horas depois do amanhecer. Para animais estabulados não existe essa limitação. O intervalo das duas ordenhas deve ser, preferencialmente, de 12 horas.

Informações Embrapa Gado de Leite

Vem aí Simpósio Nacional da Vaca Leiteira

A cidade de Porto Alegre (RS) recebe nos dias 18 e 19 de novembro a terceira edição do Simpósio Nacional da Vaca Leiteira.

O evento acontecerá no auditório da UNIRITTER Campus FAPA. Serão 10 palestras, entre elas:

– Alimentação e manejo da novilha leiteira;
– Estratégias para melhorar a eficiência reprodutiva em vacas leiteiras;
– Sanidade da vaca leiteira;
– Entre outros.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas no site:

http://www.simposiovacaleiteira.com.br/p/inscreva-se.html

O evento é uma realização da turma de formandos da faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (ATMV 2017/2 – UFRGS), do Laboratório de Análises Clínicas Veterinárias (LACVet-UFRGS) e do Grupo Ruminação.

Abertas inscrições para curso de Capacitação em Gestão na Pecuária Leiteira

A Rehagro dá início no dia 24 de novembro no curso de Capacitação em Gestão na Pecuária Leiteira, destinado a produtores, gerentes, funcionários de fazendas leiteiras, técnicos agrícolas e estudantes.

O curso tem como objetivo aumentar o resultado financeiro na propriedade.

Consta na grade os seguintes assuntos: Bases para o planejamento do sistema de produção; Planejamento forrageiro para rebanhos leiteiros; Manejo alimentar de vacas leiteiras; Criação de bezerras e recria de novilhas leiteiras; Controle de mastite e qualidade do leite; Controle financeiro (fluxo de caixa e custos de produção); Gestão de índices como estratégia para tomada de decisão; Gerenciamento de pessoas e equipes; Gerenciamento da sanidade; Gerenciamento da reprodução; Melhoramento genético e Gestão da pecuária leiteira.

Serão 12 encontros mensais, de dois dias (nas quintas e sextas-feiras, das 08h00 às 18h00).

As inscrições estão abertas e podem ser realizadas no site:

http://bit.ly/2f5d8Bs

Casuarina FIV Cal conquista títulos no Ranking Nacional do Gir Leiteiro

Casuarina FIV Cal, destaque da bateria Gir Leiteiro da CRV Lagoa, conquistou recentemente importantes títulos: Grande Campeã Nacional e Melhor Fêmea do Ranking Nacional da raça.

Filha do consagrado touro Jaguar TE do Gavião x Quica da Cal, Casuarina é de criação da Fazenda Calciolândia e de propriedade de Winston Drummond, da Fazenda Quilombo, e Carlos Walauer, da Fazenda Belas Artes.

Em 2016 conquistou importantes títulos. Confira:

– Grande Campeã, Campeã Vaca Adulta e Melhor Úbere Adulto em Pompeu/16;
– Reservada Grande Campeã Franca/16;
– Grande Campeã, Campeã Vaca Adulta e Melhor Úbere Adulto Megaleite/16;
– Campeã Vaca Adulta e Grande Campeã Nacional ExpoGil 2016.
– Melhor Fêmea do Ranking Nacional e Melhor Fêmea do Ranking Mineiro 2015/2016.

Tatiane Tetzner, gerente de produto Leite Zebu da CRV Lagoa, revela características que se destacam no exemplar. “Possui uma capacidade corporal que impressiona, reunindo também feminilidade, caracterização racial, pelagem consistente, excelentes aprumos e um sistema mamário de excepcional forma e volume, com aparato suspensor forte e piso do úbere acima da linha dos jarretes. Uma matriz completa em conformação funcional, produtiva e muito harmônica”.

Informações CRV Lagoa