A importância do colostro para os bezerros; veja vídeo

A publicação 500 perguntas 500 respostas da Embrapa Gado de Leite traz em suas páginas informações sobre a importância do leite sujo, o colostro, e sobre suas diferenças diante do leite normal para os bezerros.

Confira:

O leite sujo é importante para o bezerro?
O leite sujo, ou colostro, é o leite produzido durante os 3 a 6 primeiros dias depois do parto. Ele é muito importante para a saúde do bezerro, especialmente quando ingerido nas primeiras 24 horas de vida, uma vez que é a sua principal fonte de imunoglobulinas.

É esse leite que garante a sobrevivência dos animais após o nascimento, pois eles nascem desprovidos de qualquer proteção contra os agentes causadores de doenças presentes no ambiente. São essas imunoglobulinas que dão imunidade e proteção ao bezerro nos primeiros dias de vida. Por isso, é indispensável fornecê-lo o mais rápido possível depois do nascimento.

O colostro é diferente do leite normal? Sua composição varia após o parto?
Sim. O primeiro colostro (da primeira ordenha pós-parto ou da primeira mamada) é muito mais rico em gordura, proteínas, minerais e vitaminas que o leite normal.

Grande parte da proteína que o colostro contém a mais é composta de imunoglobulinas, que têm a função protetora ou imunológica.

À medida que são feitas as ordenhas ou que o bezerro mama na vaca, a composição do colostro vai se aproximando à do leite, isto é, os teores de proteína, sólidos totais, gordura, minerais e vitaminas vão diminuindo e, em contrapartida, os teores de água e lactose aumentam, até que o leite fique “limpo”, o que ocorre por volta de 5 a 6 dias após o parto.

Enquanto estiver disponível, o colostro deve ser o alimento fornecido aos bezerros, mesmo depois da primeira semana de vida.

Informações Embrapa Gado de Leite

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked