Campo Grande (MS) será sede do Encontro Técnico do Leite

O Sindicato Rural de Campo Grande (MS) realiza no dia 21 de março, a décima sétima edição do Encontro Técnico do Leite – Gestão Leiteira.

 

O evento tem como objetivo apresentar ao produtor rural as novas tecnologias e procedimentos para garantir a produtividade de sua propriedade.

Veja abaixo a programação oficial:

07h00 – Entrega de credencial e material de apoio.

07h30 – Introdução e Abertura:

08h00 às 08h45: Organização dos Produtores na Comercialização do Leite.
Palestrante: Haroldo Max, Agropecuarista, presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado de Goiás e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo em Goiás (Sistema OCB/SESCOOP-GO); e da Federação dos Sindicatos das Cooperativas do Distrito Federal e dos Estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Tocantins (Fecoop CO/TO). Max também preside a Cooperativa Central de Laticínios de Goiás (Centroleite) e a Cooperativa Mista Agropecuária dos Produtores Rurais de Orizona (Coapro).

08h45 às 09h00 – Debates

09h00 às 09h15 – Milk Break

09h15 às 10h45 – Gestão de Recursos Humanos
Palestrante: Sandro Luis Viechnieski, natural de Ponta Grossa, Médico Veterinário formado em 1996 pela UFPR (Curitiba), Especialização em Gestão de Propriedades Leiteira pela USP (ESALQ), Gerente e parceiro da Star Milk, propriedade que produz cerca de 6.400.000 litros de leite/ano localizada no Oeste do Paraná (Ceú Azul).

10h45 às 11h15 – Debate

11h15 às 13h00 – Almoço

13h30 às 14h30 – Competitividade do setor lácteo brasileiro no mercado internacional

Palestrante: Lorildo Aldo Stock é Engenheiro Agrônomo com mestrado em Economia Rural pela Universidade Federal de Viçosa e Ph.D. em Economia Rural pela Oklahoma State University. Sua área de trabalho é a economia da produção, com foco na eficiência de sistemas de produção de leite. Trabalha com eficiência e custos de produção, simulação e sistemas de referência, além de modelos e comparação internacional de sistemas de produção de leite. Ingressou na Embrapa em 1990 e está envolvido em pesquisas com foco na competitividade de sistemas de produção de leite. Desenvolve planilhas e estudos com modelos de simulação e análise comparativa de eficiência na produção de leite. Desde 2001 coordena as atividades de pesquisa do Brasil junto ao IFCN (International Farm Comparison Network), uma Rede Internacional de Comparação de Sistemas de Produção de Leite. Sediada em Kiel, na Alemanha, o IFCN reúne cientistas de 40 países.

14h30 às 14h45: Debate

14h45 às 15h45 – Gestão da Qualidade do Leite

Palestrante: Guilherme Nunes de Souza, formado em Medicina Veterinária com mestrado em Epidemiologia pela UFMG e doutorado em Medicina Veterinária Preventiva e Epidemiologia pela UFMG. Suas pesquisas são na área de qualidade do leite, mastite, epidemiologia de doenças infecciosas e análise de risco para doenças infecciosas. Seus temas de trabalho são qualidade do leite, doenças infecciosas de rebanhos leiteiros, estatística e probabilidade aplicadas a saúde animal, epidemiologia veterinária, métodos quantitativos aplicados a epidemiologia veterinária e análise de risco. Faz parte da equipe de pesquisadores da Embrapa Gado de Leite desde junho de 2003, onde atuou como responsável técnico, junto ao Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Minas Gerais (CRMV-MG), do Laboratório de Qualidade do Leite Prof. José de Alencar localizado na Embrapa Gado de Leite, Juiz de Fora, MG.

15h45 às 16h00 – Debate

16h00 às 16h15 – Milk Break

16h15 às 17h15 – Case da Kiwi Agropecuária
Palestrante: Owen Williams e Beatriz Williams

17h15 às 17h30 – Debate

17h30 – Encerramento e Coquetel

Para participar é necessário efetuar inscrição no Sindicato Rural de Campo Grande (www.srcg.com.br).

A inscrição é isenta para os associados do Sindicato Rural de Campo Grande. Estudantes tem taxa de R$ 25; associados de outros sindicatos rurais investem também R$ 25 e o público em geral R$ 50.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 3341-7955.

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked