Pesquisadores acompanham FIV em bovinos pantaneiros

Está sendo bem-sucedida a iniciativa de tentar multiplicar o rebanho de bovinos Pantaneiros do núcleo de criação da fazenda Santo Augusto, no município de Rochedo (MS), utilizando técnicas de aspiração folicular (OPU) e fertilização in vitro (FIV). Pela primeira vez essa técnica está sendo utilizada nessa raça local brasileira, que está ameaçada de extinção.

As atividades têm sido acompanhadas pelos pesquisadores Ériklis Nogueira e Raquel Soares, da Embrapa Pantanal (Corumbá-MS), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e conta com apoio de Universidades e a participação de empresas privadas.

Ériklis explica que a técnica consiste em aspirar ovócitos das vacas (que corresponderiam aos óvulos da mulher) e fazer a fertilização in vitro com sêmen de touros da raça Pantaneiro. Após a fecundação, o embrião é implantado em uma vaca receptora. “Essa técnica nunca havia sido utilizada no Mato Grosso do Sul em animais desta raça”, afirmou ele. Foram aspiradas sete vacas, adquiridas pela fazenda Santo Augusto, já em idade avançada.

De acordo com o pesquisador, naturalmente uma vaca gera um bezerro por ano. Se a técnica for repetida e mantida, esse processo pode ser acelerado e existe potencial para se gerar um número maior de bezerros. Por tratar-se de uma raça taurina, espera-se que animais da raça Pantaneiro produzam menos ovócitos do que as zebuínas, porém “para a conservação da raça, a técnica é viável”, disse Ériklis.

Fonte: Embrapa Pantanal

I Encontro dos Produtores de Leite Locais em Nova Mutum

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente em parceria com a Empresa Matogrossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf) realizam no dia 25 de fevereiro, a partir das 8h30, no Centro de Convivência do Idoso, em Nova Mutum (MT), o 1º Encontro dos Produtores de Leite locais. Palestras explicativas e cadastro para distribuição gratuita de sêmen bovino estarão em pauta durante o evento.

O objetivo, de acordo com o médico veterinário, Filipe Pacheco Ziemann, é orientar os produtores de leite quanto à produção e discutir as demandas e necessidades sobre o fomento da cadeia produtiva leiteira no município.

O município foi um dos 141 contemplados com materiais para melhoramento genético do rebanho, com a disponibilização de dois botijões contendo sêmen bovino: um de 20 litros de armazenamento e um de 10 litros para transporte do sêmen, com doses das raças Girolando, Holandesa, Gir e Jersey, que serão distribuídos entre produtores do Pontal do Marape, Ribeirão Grande e município, ação encabeçada pelo Pacote de Fortalecimento da Agricultura Familiar da Sedraf.

Para o evento, segundo os organizadores, é esperada a participação de mais de 100 produtores do leite, que participarão da palestra sobre “Sistema de Inseminação Artificial em Bovinos Leiteiros”, ministrada pelo próprio veterinário.

 Informações Prefeitura de Nova Mutum

Comercialização da raça Gir cresce em 2011

A edição 375 do Anuário da DBO traz em sua seção “Leilões em Números” uma matéria sobre a ascensão do mercado para criadores da raça Gir Leiteiro.

A publicação acompanhou, entre os meses de janeiro a dezembro de 2011, os resultados de 154 leilões de Gir Leiteiro, “que registraram renda de R$ 74,6 milhões na oferta de 5.380 animais. Pelo quarto ano consecutivo, a média geral manteve-se na faixa de cinco dígitos: R$ 13.872, enquanto o número de animais ofertados elevou-se ao longo desse período, de 2.163 para 5.400 por ano”.

O texto ressalta ainda que a raça Gir Leiteiro “ganhou súbita visibilidade como produtora de leite a pasto, sistema de criação que demanda animais rústicos e composição do leite com teores elevados de proteína  e gordura“.

Confira os resultados no anuário da DBO.

Sêmens de reprodutores Gir Leiteiro serão comercializados em leilão

Acontece no próximo dia 27, a partir das 21h (horário de Brasília), pelo Canal Rural, o Leilão Virtual de Sêmen Gir, Guzerá e Nelore Villefort. Em oferta doses de sêmen de importantes reprodutores Gir leiteiro, Guzerá Linhagem Leiteira, Guzerá Linhagem Corte (carne), Guzerá POI (Puro de Origem Importada) e Nelore.

O diferencial está no pagamento facilitado, que sera em até 24 parcelas, e a entrega gratuita para Minas Gerais e estados vizinhos (SP, RJ, ES, BA, MS, GO e DF) para compra de qualquer quantidade. O benefício se estenderá para os demais estados brasileiros dentro da malha rodoviária na compras de 2 pacotes ou mais.

Virgílio Villefort, que atua na atividade agropecuária há mais de 31 anos, venderá sêmen de importantes reprodutores Gir e Guzerá de seu plantel e também de animais raros, escassos no mercado, como Radar dos Poções (Gir), C.A. Sansão (Gir), Meteoro de Brás (Gir), Tabu TE Cal (Gir), Parintins(Gir), Nepal TE JF (Guzerá) e Signo AM (Guzerá).

Controle leiteiro - A medida em que vão entrando em lactação, todos os animais do Plantel Gir e Guzerá Villefort passam por controle leiteiro oficial, feito pela ABCZ desde 2010. Virgílio autorizou que a entidade torne pública informações da produção leiteira mensal e anual de todos os animais.

Informações Pec Press

IAGRO MS e Agenfas tem novo horário de atendimento

A partir de fevereiro, as Agências Fazendárias (Agenfa) e Agência Estadual de Defesa Sanitária, Animal e Vegetal – IAGRO MS –  funcionam em novo horário, assim como seus servidores.

De acordo com o decreto publicado no dia 04 de fevereiro no Diário Oficial de MS, para as Agências Fazendárias dos municípios de Aquidauana, Bataguassu, Campo grande, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dourados, Jardim, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas, o horário de funcionamento será das 7h30 às 17h30, ininterruptamente.

Para as demais Agências Fazendárias o funcionamento será das 7h30 às 13h30 e para as agências da Iagro, será das 7h às 11h e das 13h às 17h.

A jornada de trabalho dos servidores em exercício nas Agências Fazendárias nos municípios citados (Aquidauana, Bataguassu, Campo Grande, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Dourados, Jardim, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas) e no Iagro será de 8 horas diárias ou de 40 horas semanais.

Informações Novilho Precoce 

Pecuária leiteira de MS ganha reforço

Com o objetivo de aprimorar o sistema de gestão da propriedade rural, através de práticas economicamente viáveis e ambientalmente sustentáveis, estimular a produção com higiene e qualidade, difundir boas práticas agrícolas e explicitar a importância da gestão na propriedade rural, o Sebrae/MS em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur) e da Agência de Desenvolvimento Agrário e de Extensão Rural (Agraer) promovem em fevereiro o projeto de apoio à pecuária leiteira, oriunda de agricultura familiar, de Mato Grosso do Sul.

O projeto pretende elevar a renda anual dos participantes provenientes da atividade leiteira de cada região atendida, em 10% no ano de 2012, 15% no ano de 2013, 20% no ano de 2014 e 25% no ano de 2015 e ter 100% das unidades produtivas, atendendo aos percentuais de medição da qualidade do leite.

Para Eder Rodrigues Camargo, técnico do Sebrae/MS, a importância do projeto é profissionalizar o pequeno produtor rural e fazê-lo perceber que pode agregar valor ao seu produto, se houver uma preocupação com a qualidade e a higiene da produção. “É necessário, também, fazer com que o produtor se veja como um empresário”, completa Eder. A expectativa é que sejam atendidos cerca de 500 produtores rurais.

Serviço
A sede do Sebrae/MS, fica em Campo Grande, à Avenida Mato Grosso, 1661, Centro. Mais informações na Central de Atendimento do Sebrae pelo telefone 0800-570-0800.

Ministério divulga fazendas aptas a exportar para a UE

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) voltou a publicar a lista de fazendas autorizadas a fornecer bovinos para abate e venda da carne in natura para a União Europeia (UE). Com a decisão, o Brasil retoma o gerenciamento da relação – conhecida como “lista trace” –, que desde 2007 era feito exclusivamente pelas autoridades europeias.

Segundo o diretor de Programas do Mapa, Ênio Marques, a medida demonstra o reconhecimento dos avanços no sistema brasileiro de rastreabilidade e a retomada da confiança da UE em relação ao cumprimento das exigências de saúde animal por parte do Brasil. A intenção do Brasil é reduzir a burocracia no processo.

A solicitação de retirada da exigência de que a lista de fazendas habilitadas fosse publicada no diário oficial europeu (Diretiva 61) era uma reivindicação permanente do Brasil nos últimos anos. O impasse foi tema de inúmeras reuniões com a Direção-Geral de Saúde e Consumidores da Comissão Europeia (DGSanco, sigla em inglês), em Bruxelas.

Além da gestão da lista de fazendas habilitadas a exportar, as autoridades brasileiras ficarão responsáveis pela publicação da relação – que será atualizada a cada 15 dias – no site do Ministério da Agricultura. Os relatórios de auditoria não precisarão mais ser transmitidos para a Comissão Europeia.

Atualmente, 1.948 fazendas estão credenciadas a vender carne para o bloco. Somente as propriedades que cumprem as exigências da Instrução Normativa nº 17, que regulamenta o sistema brasileiro de rastreamento (Sisbov), podem ingressar no cadastro.

Informações MAPA

Gir Leiteiro vende mais de 760 mil doses de sêmens no ano passado

A Associação Brasileira de Inseminação Artificial – ASBIA - divulgou no dia oito de fevereiro o relatório de movimentação de sêmen bovino no Brasil para fevereiro, e anunciou mudanças na forma de tabulação dos dados.

De acordo com os relatórios de comercialização de sêmen da Asbia, referente ao ano de 2011, as vendas de sêmen de Gir Leiteiro foram de 766.758 doses.

Das raças de Leite nacionais, o Gir Leiteiro participa com 46,07% das vendas de sêmen, assumindo pela primeira vez a segunda colocação nas vendas gerais das raças leiteiras, onde somam-se a venda de sêmen nacional e importado.

Outro bom desempenho para a raça foi a liderança nas exportações de sêmen, sendo a raça brasileira que mais exportou sêmen em 2011 considerando as raças de leite e corte.

Veja a reportagem na íntegra no link abaixo

http://www.girleiteiro.org.br/novo/?noticiasDetalhe,307,1

ANCP compartilha informações em redes sociais

A Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores (ANCP) possui agora mais uma ferramenta para interagir com o público e disseminar conhecimento.

Trata-se da sua participação na rede social Slideshare na qual irá compartilhar apresentações de slides e documentos relacionados à associação como palestras, manuais, e muito mais.

Com segurança, rapidez e praticidade, arquivos maiores são divulgados com qualidade.

Acesse o site http://www.slideshare.net/ANCP e consulte os materiais.

ABCGIL terá 50 exposições ranqueadas em 2012

Antes da Nacional da raça Gir Leiteiro realizada durante a MegaLeite, já estão agendadas 20 exposições. O circuito tem início com a 2ª Exposição Regional do Gir Leiteiro de Aracajú, que acontece de 05 a 10 de fevereiro próximo em Sergipe.

Das 50 exposições agendadas, a mais nova homologada é a exposição de Araxá/MG que será realizada de 16 a 22 de abril.

A participação dos associados em exposições é fundamental para que novos recordes sejam alcançados, o aumento do número de animais depende da sua participação.

Informações ABCGIL – http://www.girleiteiro.org.br/

Embrapa Gado de Leite é tema de série de reportagens

No dia oito de março o Canal do Boi exibirá no Programa Pró Lacta, reportagem especial com a Embrapa Gado de Leite na qual abordará as pesquisas realizadas pela unidade e terá participação do chefe geral Duarte Vilela e dos chefes adjuntos Elizabeth Fernandes e Rui Verneque.

A matéria irá ao ar às quintas-feiras de 11h30 as 12h30.

As demais reportagens, que falam sobre qualidade do leite, melhoramento genético e meio ambiente serão exibidas nos dias 15, 22 e 29 de março. Paras os trabalhos, foram feitas entrevistas com Guilherme Souza, Letícia Mendonça e Marcos Vinícius Barbosa.

A equipe do Canal do Boi esteve em Juiz de Fora dos dias 31 de janeiro a três de fevereiro e visitou vários laboratórios da Unidade, além do Campo Experimental José Henrique Bruschi.

Após a exibição, as reportagens também estarão disponíveis no site do Canal do CanalBoi: www.sba1.com.

Informações Embrapa Gado de Leite http://www.cnpgl.embrapa.br/

Teste de Progênie ABCGIL-EMBRAPA – como participar

André Rabelo Fernandes, Zootecnista e Coordenador Operacional do PNMGL – ABCGIL/Embrapa (Programa Nacional de Melhoramento do Gir Leiteiro) divulgou na edição 190 da revista O Zebu no Brasil – informações importantes sobre como o criador pode participar do Teste de Progênie ABCGIL-EMBRAPA.

Confira o passo a passo para o enquadramento dos rebanhos no PNMGL:

– É necessário que haja na propriedade uma estrutura mínima para a utilização da inseminação artificial, como equipamentos para manuseio do sêmen e botijão de armazenamento;

– O sêmen é fornecido gratuitamente aos rebanhos colaboradores na proporção de duas doses de sêmen para cada ventre disponibilizado;

– O sêmen é identificado através de códigos secretos, cada touro possui três códigos;

– O sêmen deve ser utilizado nas matrizes colaboradoras de forma aleatória durante o período de um ano;

– O rebanho deverá possuir boa escrituração zootécnica, fornecendo ao programa todas as informações necessárias referentes à utilização do sêmen, sobre as progênies e matrizes colaboradoras;

-O produtor deverá fornecer os dados da progênies dos touros em teste aos técnicos do programa durante as visitas de acompanhamento, com a frequência de duas a três vezes por ano;

– O Produtor deverá se comprometer por contrato a reter as filhas dos touros em teste até o final da 1º lacração, não sendo permitida a venda até o encerramento;

– Deverá ser feito o controle leiteiro (pesagens de leite mensais) das filhas do touros na sua 1º lactação e suas respectivas companheiras de rebanho. Caso o produtor de gado Mestiço não tenha implantado ainda em sua propriedade a prática de controle leiteiro, será este então subsidiado pela ABCGIL através de controles credenciados pelo PNMGL;

– Os machos provenientes do sêmen pelo Teste de Progênie não são utilizados para as avaliações, podendo ser mantidos, descartados ou comerializados conforme a necessidade do produtor;

– Todas as despesas e custos com controladores leiteiros, visitas técnicas e distribução de sêmen serão por conta da ABCGIL;

– Os rebanhos que não cumprirem as normas do programa, automaticamente deixarão de receber o sêmen dos grupos de touros que vierem a ser inscritos e distribuídos pela ABCGIL e Embarap Gado de Leite.

Mais informações podem ser obtidas na Revista O Zebu!

Gir Leiteiro – avanços tecnológicos contribuem para o sucesso da raça

A edição 190 da Revista o Zebu no Brasil, publicou um texto na seção Gir Leiteiro sobre os “Avanços tecnológicos favorecem os constantes recordes em torneios leiteiros”.

O texto faz menção ao ano de 2011, no qual diversos recordes foram quebrados. “A cada exposição, uma fêmea tem alcançado números superiores às outras, o que em toda a história dos torneios leiteiros não havia ainda acontecido”.

Silvio Pinheiro, Presidente da ABCGIL, é um dos entrevistados da matéria. Ele ressalta que essas conquistas se devem ao “avanço tecnológico, seja ele no melhoramento genético, nutrição e manejo.  O melhoramento genético contribui através do processo de seleção fundamentado no Programa de Melhoramento Genético da Embrapa/ABCGIL. Já no quesito nutrição, as empresas fabricantes passaram a desenvolver produtos para o Gir Leiteiro. E para finalizar, no manejo “criadores e participantes de torneios leiteiros passaram a se dedicar fazendo inseminações para que os animais estejam paridos na época certa, com o intuito de participar de provas”.

Foram citados ainda no texto a Fazenda Calciolândia, Fazenda Coqueiro & Barreiro e Fazenda Mutum.

 

 

 

Festleite Tropical – Bicampeã será comercializada no evento

Quem participar da edição 2012 da Festleite Tropical, terá a oportunidade de adquirir 50% da doadora – Dracena Fabian MAMJ (Aero Fabian x Brisa), ½ sangue, eleita bicampeã melhor úbere adulto nacional na megaleite 2008 e 2099. Lactação de 10.462 kg em 340 dias.

Esse animal, que faz parte do banco de doadoras da Tropical Genética.

O Festleite Tropical será realizado entre os dais 10 e 12 de fevereiro, no Parque de Exposições de Uberlândia (MG).

Além de animais a venda em sistema de shopping e 03 leilões no tatersal de elite, haverá palestras, debates e exposições de empresas especializadas no setor do agronegócio.

Faça seu cadastro antecipado pelos telefones (34) 3211-5259 e (66) 3468-6600Festleite Tropical 2012.

Organização Tropical Genética de Uberlândia. Realização Grupo Estância Bahia.

Mais informações www.tropicalgenetica.com.br e www.estanciabahia.com.br

Associação Paulista dos Criadores de Gir Leiteiro comemora aniversário

A Associação Paulista dos Criadores de Gir Leiteiro – APCGIL - completou ontem (23), dois anos de sua criação.

Carlos Alberto da Silva, o Carlão da Publique, eleito na oportunidade como presidente da Associação, formou uma diretoria com os principais nomes do Gir Leiteiro e continua no comando da entidade com muita dedicação, envolvimento e, acima de tudo, muito respeito pela raça.

Esse primeiro biênio marcou algumas realizações da APCGIL que, dentre tantas conquistas, aumentou o número de exposições ranqueadas de seis, em 2010, para dez em 2011. Além disso, inovou ao lançar, durante a Feileite 2011, a primeira PGLP – Prova de Gir Leiteiro a Pasto, em parceria com a FMVZ-USP, que avaliará a produção de leite das matrizes Gir Leiteiro, persistência de lactação, qualidade do leite, taxa de reconcepção das novilhas, entre outras características.

A iniciativa conta com a coparticipação técnica da ABCGIL – Associação Brasileira dos Criadores de Gir Leiteiro e da ABCZ – Associação Brasileira dos Criadores de Zebu e o apoio de empresas do setor privado como a Dow Agrosciences e a C.R.I. Genética Brasil, primeira central de inseminação a apoiar a PGLP.

Leia a reportagem na íntegra no Agrolink :

http://www.agrolink.com.br/noticias/associacao-paulista-dos-criadores-de-gir-leiteiro-completa-2-anos_143116.html

Com informações Agrolink / Assessoria de Imprensa