Como evitar doenças em bezerros recém-nascidos?

A publicação 500 perguntas 500 respostas da Embrapa Gado de Leite traz em suas páginas informações sobre o melhor manejo para evitar a proliferação de doenças em bezerros recém-nascidos.

Confira:

O mais indicado é criar os bezerros em abrigos individuais nos primeiros 2 meses após o parto, pois essa éa fase mais crítica de sua vida. Deve-se ainda separar o bezerro da vaca nas primeiras 12 horas; fornecer o colostro nos primeiros dias de vida e fornecer 2 litros de leite pela manhã e 2 litros de leite à tarde, por 15 a 20 dias.

Depois pode-se fornecer apenas 4 litros de leite pela manhã, para forçar o bezerro a comer ração concentrada. A partir da segunda semana, fornecer ração concentrada peletizada por ração farelada.

Quando os bezerros estiverem consumindo cerca de 800g de concentrado/dia, eles já poderão ser desmamados.

Se adotar bezerreiros, deve-se evitar a convivência de bezerros de idades diferentes, no mesmo lote. Com isso, previne-se a transmissão de agentes de doenças e evita-se a competição entre os animais no momento da alimentação, o que prejudica os bezerros mais jovens. O bezerreiro deve ser mantido limpo e os utensílios (baldes ou mamadeiras), lavados diariamente, após o fornecimento.

A instalação tem que proteger os bezerros contra os ventos fortes e a alta umidade.

O uso de cama pode trazer mais conforto aos animais, mas as partes sujas devem ser trocadas diariamente.

Informações Embrapa Gado de Leite

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked