Como ser um bom vizinho em sua propriedade rural

O Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) lançou recentemente o “Guia do Bom Vizinho para propriedades rurais”.

Para a socióloga Heidi Buzato, responsável técnica pelos temas sociais, no Imaflora, “é importante o empreendimento conhecer e mapear os valores e patrimônios culturais da comunidade na qual está inserido, e procurar saber como pode contribuir com a sua conservação. É importante também que a comunidade saiba como pode contar com o apoio daquela propriedade.”

O guia possui quatro capítulos:

Identificando a comunidade: traz critérios para identificar como a atividade produtiva do empreendimento pode impactar o seu entorno. O uso de estruturas públicas, como escolas ou equipamentos de saúde, é um exemplo.

Classificando os interesses: sugere conhecer as questões que a comunidade possui em relação ao empreendimento e estar atento a possíveis conflitos ou reclamações sobre as atividades do empreendimento.

Mapeando os impactos:, explica o conceito de impacto social como sendo uma mudança no modo de vida de uma pessoa, comunidade ou população e suas consequências.

Implantando ações do bom vizinho:, propõe que se não forem identificados impactos negativos que mereçam medidas corretivas, o empreendimento invista em ações que promovam o desenvolvimento local.

“O Guia não é uma receita do que está certo ou errado”, diz Heidi, que ressalta tratar de orientação aos produtores rurais, para que possam estabelecer um bom relacionamento com as comunidades que vivem no entorno das propriedades.

Faça o download gratuito do Guia no link abaixo:

http://migre.me/jVHRx

Com informações Imaflora

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked