Presos integrantes de quadrilha que adulterava leite no sul do país

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) de Chapecó (SC) prendeu na última segunda-feira (20) dezesseis pessoas por participarem de quadrilha que adulterava leite nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

De acordo com o promotor Carlos Alberto Galdino, que participou das operações, os presos são acusados de colocar no leite produtos impróprios para o consumo humano.

“Pelo que investigamos, o leite estava contaminado com água oxigenada, soda cáustica, água e soro de leite”.

Segundo o Ministério Público (MP) de Santa Catarina, além das prisões, foram apreendidas notas fiscais, documentos de transporte, além de produtos que seriam misturados ao leite em unidades industriais, residências e propriedades rurais de cidades catarinenses e gaúchas.

Com informações Agência Brasil

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked