Saiba quais as consequências do acasalamento entre parentes

A Embrapa Gado de Leite alerta aos criadores de gado leiteiro sobre as consequências para o rebanho quando há acasalamento entre parentes. Confira:

De modo geral, as consequências são negativas em decorrência do aumento da consanguinidade ou endograma dos animais. A endogamia pode, em um primeiro momento, diminuir o desempenho reprodutivo e, posteriormente, com seu aumento, a produção de leite.

Essa prática pode, ainda, interferir na ocorrência de enfermidades e defeitos hereditários (lábio leporino, por exemplo) e, por isso, deve ser evitada.

Mas o acasalamento entre parentes não deve ser visto apenas pelo lado negativo. A endogamia foi adotada por muitos anos para uniformização das raças bovinas e formação das linhagens hoje existentes. Mas pelos problemas decorrentes de sua utilização em médio e longo prazo, pelo longo intervalo de gerações e dificuldade de prever suas consequências, os técnicos passaram a não recomendar essa prática nos rebanhos bovinos.

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked