Programação da Expoleite em Campo Grande MS

Os organizadores da Expoleite 2012, evento que acontece em Campo Grande (MS) nos dias 11 a 16 de setembro, estão acertando os últimos detalhes da exposição que reunirá pequenos e grandes produtores de todo os Estado.

Porém a programação já foi divulgada. Confira:

A programação do evento conta com circuito de palestras e minicursos, dia de campo, leilão, desfile de raças e ainda um dia intitulado “despertar político”, onde entidades representativas vão se unir para, além de levar informações ao homem do campo, levar a conhecimento da classe política as maiores necessidades do setor.

Dia 11/09 – abertura oficial;
Dia 12/09 – circuito de palestras e mini cursos, torneio leiteiro;
Dia 13/09 – circuito de palestras e mini cursos;
Dia 14/09 – Dia de Campo;
Dia 15/09 – Despertar Político;
Dia 16/09 – leilão virtual, desfile de raças, premiações e banho de leite.

Serviço

A Expoleite 2012, será realizada na sede da Acrissul, em Campo Grande, de 11 a 16 de setembro. A entrada é gratuita.

Mais informações pelo telefone (67) 3345-4200.

Expoleite 2012 – Organizadores reúnem-se para definir programação

Os organizadores da Expoleite 2012, reuniram-se ontem (16) na sede da Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul – Acrissul, para definição da programação do evento, que acontece de 11 a 16 de setembro, em Campo Grande (MS). “O momento é importante para o leite em nosso Estado, onde vemos muitas entidades envolvidas na promoção de melhorias para o setor. O leite há alguns anos perdeu espaço, mas agora está ganhando de novo o mercado, e a Expoleite vem para impulsionar esse desenvolvimento”, refletiu o presidente da Associação, Francisco Maia.

Para a presidente do Núcleo de Criadores de Girolando e uma das organizadoras do evento, Aurora Real, o momento é interessante e preocupante para o setor leiteiro, pois de acordo com ela há uma tendência de baixa nos preços por conta das exportações. “O movimento que estamos criando para a organização da Expoleite é muito importante e faz toda a diferença, pois assim chamamos a atenção da classe política. Queremos levar a conhecimento público quais as suas necessidades do setor e assim, supri-las”, pondera.

Diversas entidades estão envolvidas na realização do evento, dentre elas: Seprotur, Sindicato Rural de Campo Grande, Famasul, Senar, Sebrae, UFMS, UEMS, Banco do Brasil e Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Programação

A programação do evento conta com circuito de palestras e minicursos, dia de campo, leilão, desfile de raças e ainda um dia intitulado “despertar político”, onde entidades representativas vão se unir para, além de levar informações ao homem do campo, levar a conhecimento da classe política as maiores necessidades do setor.

Dia 11 / 09 – abertura oficial;

Dia 12/09 – circuito de palestras e mini cursos, torneio leiteiro;

Dia 13/09 – circuito de palestras e mini cursos;

Dia 14/09 – Dia de Campo;

Dia 15/09 – Despertar Político;

Dia 16/09 – leilão virtual, desfile de raças, premiações e banho de leite.

Serviço

A Expoleite 2012, será realizada na sede da Acrissul, em Campo Grande, de 11 a 16 de setembro. A entrada é gratuita.

Informações Via Livre Assessoria de Imprensa

Acrissul realiza EXPOLEITE em Campo Grande (MS)

Representantes de segmentos ligados ao setor leiteiro reuniram-se no último dia 26, na sede da Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande (MS).

O motivo foi tratar da participação do Ministério de Desenvolvimento Agrário durante a Expoleite 2012, que acontece de 11 a 16 de setembro, no Parque de Exposições Laucídio Coelho.

Durante a reunião, o presidente da Acrissul, Francisco Maia, salientou que a Expoleite 2012 quer reunir produtores de todo o Estado, incluindo os produtores rurais oriundos de assentamentos. “Queremos valorizar o pequeno produtor, para que ele tenha acesso a tecnologias e em como melhorar seu rendimento, que sabemos que hoje gira em torno do leite”.

Maia citou ainda o convenio firmado entre Acrissul, Incra e Banco do Brasil, que prevê que os animais adquiridos pelos assentados sejam de raças puras, com registro de procedência nas respectivas associações de criadores, estabelecendo uma série de garantias aos compradores, inclusive a possibilidade de devolução no caso do aparecimento de defeitos posteriores. A compra de animais de leite para assentados tem custeio do Pronaf (Programa Nacional de Agricultura Familiar).

A expectativa é que os primeiros animais sejam entregues durante a Exposição, mas que nos meses que antecedem o evento, seja implantado um projeto piloto em um assentamento da região de Campo Grande, onde os pequenos produtores receberão animais e orientação de técnicos especializados, visando aparar quaisquer arrestas e ou/dúvidas tanto dos pequenos produtores quanto da Associação, garantindo a qualidade da parceria. “Queremos começar bem, fazer bem feito, para que os produtores também tenham esse mesmo compromisso”.

A participação do Ministério do Desenvolvimento Agrário durante a Expoleite 2012 será de levantar os assentamentos que receberão os animais, bem como os pequenos produtores que participarão de treinamentos e palestras ofertados durante o evento. “Este é um grande estímulo para o pequeno produtor rural. Uma excelente ideia para proteger e favorecer o assentado” revela o delegado federal do Ministério, João Batista dos Santos.

Informações Via Livre Assessoria

CONFINAR 2012 acontece essa semana em Campo Grande

Nos dias 8 e 9 de junho de 2012 acontecerá em Campo Grande (MS), no Centro Rubens Gil de Camillo, o Confinar 2012, simpósio com foco em confinamento no Mato Grosso do Sul. O estado possui um dos principais rebanhos comerciais do Brasil.

Segundo informações dos organizadores do evento, neste ano o Brasil deve aumentar em 15% o número de animais abatidos terminados em confinamento, cerca de 4 milhões de bovinos, aumento de 1000% em relação a dez anos atrás, quando abatia 400 mil cabeças em 2002.

As inscrições podem ser feitas no site oficial do evento: http://confinar.net/sistematuse/Modulos/processo/painel.html.

Confira a programação:

Sexta-feira, dia 8 de junho de 2012

7h00: Inscrições e retiradas de material
8h00: Abertura
8h30: Competitividade e sustentabilidade da pecuária brasileira.
Sérgio de Zen, Engenheiro Agrônomo, Mestre e Professor Doutor em Economia Aplicada da Esalq/USP e responsável pelas pesquisas de carnes e leite do Cepea.

9h15: O mercado e o boi: para onde devemos olhar?
– Rogério Goulart, Administrador de Empresas pela PUC-SP, Pecuarista e Editor da Carta Pecuária.

10h15: O desempenho no confinamento visto desde o desmame: uma abordagem sistêmica
– Gustavo Rezende Siqueira, Zootecnista pela UFLA, Doutor em Zootecnia pela UNESP/Jaboticabal e Pesquisador da APTA Regional – Alta Mogiana.

11h00: Legislação ambiental aplicada ao confinamento e o novo código florestal
– Josimar França da Silva, Engenheiro Agrônomo e Consultor Ambiental da Toposat Engenharia.

12h00: Almoço

14h00: Planejando a estrutura de um confinamento dentro da realidade brasileira
– Ânderson Vargas, Zootecnista com Mestrado em Nutrição e Melhoramento Animal pela UNESP/Botucatu e Gerente Técnico do JBS Confinamento Brasil.

14h45: Planejamento nutricional e análise técnico-econômica no confinamento
– Paulo Araripe, sócio-consultor da Projepec e Consultor de Clientes Bellman.

15h45: Terceirização da engorda em confinamento: estratégias e viabilidade
– Walter Patrizi, Médico Veterinário pela UFMS, mestre em nutrição de ruminantes pela UFMG e Gerente de Confinamento do Grupo Prodap.

16h30: A importância e os avanços da nutrição protéica em confinamento (tema)
– Simon Timmermans, Médico Veterinário e mestre em nutrição de ruminantes pela Washington State University.

Sábado, dia 9 de junho de 2012

8h: Gerenciamento da informação e avaliação dos resultados do confinamento
– Rodrigo Spengler, médico veterinário especialista em nutrição de ruminantes e consultor em negócios pecuários, titular da Beef Tec.

8h45: A saúde animal e sua importância no desempenho de bois confinados
– Lupércio de Antônio Junior, Médico Veterinário pela UEL, Especialista em Reprodução Bovina e Gerente de Clientes Especiais da Pfizer Saúde Animal.

9h45: Manejo alimentar em confinamento: conceitos atuais
– Rafael Cervieri, zootecnista com doutorado em nutrição e produção animal pela Unesp/Botucatu e consultor da Nutribeef Consultoria.

10h30: Bactérias como probióticos em confinamentos: a experiência dos EUA
– Renato Schmidt, engenheiro agrônomo pela UFV/MG, mestre em qualidade e produtividade animal pela FZEA/USP, PhD em Zootecnia pela University of Delaware (EUA) e gerente técnico e supervisor da área de pesquisa e desenvolvimento de novos produtos da Lallemand Animal Nutrition/América do Norte.

11h15: Confinamento sem volumoso: uma nova tecnologia
– Gustavo Devides Nogueira de Oliveira, Engenheiro Agrônomo, Especialista em Nutrição de Ruminantes e Pastagens e Gerente de Produtos de Ruminantes da Socil/Evialis.

12h15: Almoço

14h: Tomada de decisão na escolha de volumosos para confinamento
– Luiz Gustavo Nussio, Engenheiro Agrônomo, Mestre pela Esalq/USP, Pós-Doutor em Nutrição Animal e Conservação de Forrageiras pela Universidade do Arizona/EUA e Professor do Departamento de Zootecnia da Esalq/USP.

14h45: Os hábitos dos confinamentos eficazes: uma abordagem sobre nutrição e manejo
– Pedro Terêncio, Médico Veterinário pela FMVZ/USP, Especialista em Nutrição Animal pela ESALQ/USP e Gerente Técnico de Ruminantes da Phibro Animal Health.

15h45: Confinamento x sustentabilidade: verdades e mitos
– Tiago Zanett Albertini, Médico Veterinário pela UFMS, Mestre e Doutor em Ciência Animal e Pastagens pela ESALQ/USP, Pós-Doutorando e Pesquisador da Embrapa Gado de Corte.

16h30: Benefícios do confinamento para a qualidade da carne bovina
– Eduardo Krisztán Pedroso, Zootecnista pela FZEA-USP, Especialista em Gestão da Qualidade e Segurança dos Alimentos pela FEA-Unicamp, MBA em Gestão Comercial pela FGV-Campinas e Sócio-Consultor da Comprovar.

Informações Bonito Pantanal WordPress 

15º Encontro Técnico do Leite – Campo Grande (MS)

Nos dias 14 e 15 de maio acontece no Auditório Manoel de Barros do Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, de Campo Grande (MS), o 15º Encontro Técnico do Leite – Com Foco na Qualidade do Leite.

Durante o encontro serão abordados conhecimentos técnico-científicos para aumentar a qualidade do leite e a evolução da produção no âmbito local e estadual, uma forma de tonar o mercardo mais competitivo e proporcionar mais segurança aos consumidores.

Devem participar do evento: empresários do leite, produtores rurais, parceiros comerciais e industriais do ramo, pessoas afins ao setor leiteiro, jornalistas, acadêmicos e professores dos cursos relacionados ao agronegócio e representantes das esferas governamentais.

Confira as palestras que acontecerão no evento:

Leite: Ameaças e Oportunidades – Palestrante Rodrigo Alvim, Presidente da Comissão Nacional de Pecuária de Leite da CNA

Metodologia do Conseleite – Palestrantes Prof. José Roberto Canziani e Prof. Vânia Di Addario Guimarães, professores da UFPR

Cooperativismo na Pecuária Leite – Palestrante Haroldo Max de Souza, Pres. Centro Leite de Goiás

Controle de carrapato na vaca e do carrapaticida no leite – Palestrante Márcia Cristina de Azevedo Prata, da Embrapa Gado de Leite / MG

Controle da Mastite e qualidade do leite – Palestrante Marcos Veiga dos Santos, CBQL

Produção intensiva de leite e pasto – Palestrante Flávio Portela, ESALQ/USP

Gestão econômica racional na atividade leiteira – Palestrante Christiano Nascif, Sebrae/MG

Programa de Alimento Seguro Voltado para Cadeia Produtiva do Leita – Palestrante Nívea Maria Vicentini, da Embrapa Gado de Leite / MG.

Para mais informações e inscrições, acesse:http://www.senarms.org.br/programas_e_projetos/qualidadedoleite/

Novos cursos na DINAPEC 2012

A 7a edição da Dinâmica Agropecuária – Dinapec, realizada anualmente pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Unidade Gado de Corte, em Campo Grande-MS, tem início no dia 14 de março com uma grade de cursos reformulada.

Sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta, controle de carrapatos e parasitos gastrintestinais, melhoramento genético animal e reprodução e produção de carne serão abordados pelos especialistas da Embrapa e parceiros durante este ano.

Com foco no Programa ABC (Programa de Agricultura de Baixa Emissão de Carbono), criado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para financiar os agricultores que adotem práticas adequadas, tecnologias e sistemas produtivos eficientes que contribuam para a mitigação dos gases de efeito estufa, esta Dinapec 2012 apresentará dois cursos voltados para o Sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF).

Os subprogramas principais que constam do Programa ABC são referentes à Recuperação de Pastagens Degradadas, Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), Sistema Plantio Direto (SPD), Fixação Biológica do Nitrogênio (FBN) e Florestas Plantadas e como o suporte tecnológico desses subprogramas está sob a responsabilidade da Embrapa, seus pesquisadores serão pontuais com os produtores rurais, os técnicos e os estudantes de agrárias inscritos para os cursos.

Saiba mais no portal oficial da Embrapa Gado de Corte!

Expogrande 2012 – novidades são apresentadas pelos organizadores

A Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul), localizada em Campo Grande (MS), apresentou no dia 12 de dezembro, o novo modelo da tradicional Expogrande que será colocado em prática no ano que vem, de acordo com informações fdivulgadas no Portal de Notícias Capital News.

A proposta da reformulação da Expogrande para 2012 foi apresentada pelo diretor da Acrissul, Adriano Rúbio. Para ele, a reformulação da Expogrande, significa trazer mais raças de bovinos, equinos, ovinos e caprinos para o parque, diversificando a exposição comercial de animais. O projeto prevê a realização de dia de campo para cada raça, com palestra, workshops, apresentação de animais, degustação e no final o leilão de animais da raça do dia.

A Expogrande está de portas abertas para criadores das raças nelore, guzerá, brahman, angus, hereford, braford, canchim, senepol, tabapuã, simental, charolês, holandês, gir leiteiro, Jersey, caprinos e ovinos, entre outras que deixaram de participar da exposição nos últimos anos.