Confira alguns momentos do I Congresso Brasileiro da Raça Girolando

A edição de setembro da Revista O Girolando, traz como matéria de capa informações sobre o 1º Congresso Brasileiro da Raça Girolando, evento que aconteceu entre os dias 22 a 24 de setembro, em Minas Gerais e que apresentou diversas inovações tecnológicas para a pecuária leiteira.

Veja abaixo alguns trechos da reportagem:

A programação do Congresso incluiu uma série de palestras técnicas. O pesquisador da Embrapa Gado de Leite, Marcos Vinícius Barbosa da Silva, falou sobre os avanços genéticos que a raça vem alcançando e os projetos de seleção genômica…”

” A pesquisadora da Embrapa Gado de Leite, Marta Martins, falou sobre a formação do Banco de DNA da raça Girolando, que já conta com 1.063 amostras coletadas dos touros e filhas dos reprodutores do Teste de Progênie da Girolando...”

Confira a reportagem na íntegra na edição 80 da Revista O Girolando.

Conheça o rebanho Gir Leiteiro da Genética Aditiva

A empresa Genética Aditiva, localizada em Campo Grande (MS), atua em diversa áreas do Agronegócio, sendo uma de suas vertentes a criação de Gir Leiteiro, na qual são adotadas o mesmo critério das outras raças: “a vaca vale o que produz“. É no balde que se vê a diferença de valor entre as fêmeas.

Os animais da raça se destacam também no cruzamento com gado leiteiro europeu, contribuindo com leite, rusticidade, vigor e docilidade, características fundamentais para a produção econômica de leite.

O rebanho Gir Leiteiro da Genética Aditiva tem alcançado destaque no controle leiteiro oficial, realizado pela ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu) e pela ABCGIL (Associação Brasileira dos Criadores de Gir Leiteiro).

A seleção dos animais é feita a partir da produção leiteira, agregada a um programa de avaliação linear, criado pela Embrapa Gado de Leite.

Conheça um exemplar do plantel:

REM Terra Gir Leiteiro 300x212 Conheça o rebanho Gir Leiteiro da Genética AditivaREM TERRA – filha do C.A. Sansão x Enseada de Brasília.
Sexo: Fêmea
RG: REMG 29
Nasc.: 28/10/2008
Na primeira lactação em controle leiteiro oficial, a REM Terra atingiu a média de 31,5kg de leite/dia.

Para mais informações acessem o site: www.geneticaaditiva.com.br

Congresso Brasileiro da Raça Girolando acontece em setembro

A cidade de Araxá, em Minas Gerais, está pronta para receber a 1º edição do Congresso Brasileiro da Raça Girolando, evento promovido em parceria pela Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, Embrapa Gado de Leite e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Criadores, empresários, pesquisadores, estudantes e profissionais de diversas áreas estarão reunidos, nos dias 22 a 24 de setembro e terão a oportunidade de participar  palestras sobre as novidades nas áreas de genética, melhoramento animal, cruzamentos, fertilidade, ordenha, produção de sólidos e sanidade.

O local escolhido para sediar o congresso foi Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá.

A abertura do evento contará com a presença do presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, José Donato Dias Filho, e pelo chefe-geral da Embrapa Gado de Leite, Duarte Vilela.

Veja abaixo a programação do evento:

22/09/2011
15h00 – Check In / Credenciamento

23/09/2011

08:30h – Abertura Oficial
09:15h – Programa de Melhoramento Genético da Raça Girolando (PMGG) / Resultados e Perspectivas
Palestrantes: Marcos Vinícius Barbosa da Silva (EGL), Leandro Paiva (Girolando) e Marcelo Cembranelli (Girolando)
10:15h – Intervalo
10:45h – Estratégias de Cruzamentos na Pecuária de Leite no Brasil Palestrante: Fernando Enrique Madalena (UFMG)
12:15 – Almoço
13:30 – Formação do Banco de DNA da Raça Girolando  Palestrante: Marta Martins (EGL)
14:30h – Uso de Ferramentas de Biologia Molecular no Melhoramento da Raça Girolando  Palestrante: José Fernando Garcia (UNESP)
15:30h – Intervalo
15:45h – Uso da Raça Girolando em Programas de Seleção Buscando a Sustentabilidade Sócio-Econômica e Ambiental Palestrante: José Luis Moraes de Vasconcelos (UNESP)
16:45 – Girolando: Resistência da Raça às Enfermidades Infecciosas e Parasitárias Palestrante: Elizângela Guedes (EGL)
20:00 – Coquetel de Confraternização entre os Congressistas

24/09/2011

08:30 às 9:15h – Desafios na ordenha de Vacas Girolando F1Palestrante: Professor Ronaldo Braga Reis (UFMG)
09:15 às 10:00h – Potencial do Girolando para alta produção de leite e sólidosPalestrante: Marcos Neves Pereira (UFLA)
10:00 às 12:00h – Mesa Redonda com os Palestrantes do dia anterior e discussão em Plenário  – MODERADOR: Professor Marcos Neves Pereira (UFLA)

25/09/2011

Até 12:00h – Check Out 

As inscrições para o evento estão abertas e podem ser feitas on-line (www.girolando.com.br/congresso) ou pelo e-mail leilao@girolando.com.br.

Embrapa Gado de Leite poderá liderar rede do Macroprograma 1

O Comitê Gestor da Programação (CGP) da Embrapa emitiu parecer favorável à proposta da Unidade de constituir uma rede brasileira para análise de riscos químicos em alimentos. Esta é a primeira vez que a Embrapa Gado de Leite tem uma carta consulta aprovada no Macroprograma 1 (MP1), que contempla projetos enfocando grandes desafios nacionais em pesquisa.

A proposta foi formulada pelo pesquisador Leônidas Passos Paixão e pelo analista Marcelo Bonnet. Segundo Leônidas, o parecer favorável do CGP representa o reconhecimento da competência da Unidade para liderar uma grande rede de pesquisa.  A expectativa é dar maior segurança à população a respeito dos alimentos consumidos nacionalmente ou exportados pelo país.

Como é característica dos projetos do MP1, a proposta se alinha a um grande desafio, que é defender internacionalmente a qualidade dos produtos da principal atividade econômica brasileira: o agronegócio. Um setor responsável por 37% dos empregos, 42% das exportações e 1/3 do PIB nacional.

A rede é ambiciosa e pretende focar toda a produção agrícola do país. Para isto contará, a princípio, com 29 instituições parceiras (16 unidades da Embrapa, seis ministérios, duas universidades além da Fundação Getúlio Vargas, Fiocruz, Inmetro, Confederação Nacional de Agricultura e Associação Brasileira da Indústria de Alimentos).

Segundo o parecer do CGP, o assunto é abrangente e pode tomar a dimensão de uma rede de pesquisa promissora. O documento conclui: “A carta-consulta poderá contribuir de forma inovadora para o avanço do conhecimento científico e tecnológico do país, permitindo promover o acesso a alimentos mais seguros”.

Para que a proposição presente na carta-consulta torne-se efetivamente um projeto do MP1, ela deverá passar por mais duas instâncias: a elaboração da pré-proposta e a proposta finalizada. A Embrapa Gado de Leite irá realizar workshops envolvendo as diversas instituições parceiras para fundamentar o trabalho. Segundo Leônidas, se tudo correr bem, em menos de dois anos a Embrapa Gado de Leite se tornará a referência nacional para análise de riscos químicos na produção agroindustrial brasileira.

Mais informações no site: www.cnpgl.embrapa.br

Cuidados com o Gado de Leite durante a época de seca

O caderno Rural & Negócios do Jornal Correio do Estado de Mato de Mato Grosso do Sul, publicou ontem (18) uma reportagem sobre Nutrição. Com o título “Gado de Leite exige, també, cuidados especiais na seca”, o texto traz informações repassadas por Luiz Gustavo Pereira, pesquisador da área de Nutrição de Ruminantes, da Embrapa Gado de Leite.

Veja abaixo um trecho:

“Primeiro é necessário fazer um levantamento de quantos animais terão de ser alimentados no período seco. A partir dessa informação, o produtor terá condições de estabelecer quanto de alimento precisará ser produzido ou adquirido para alimentar esses animais… Para a produção de leite no período de seca, o pesquisador afirma que a cana é uma das principais opções para a suplementação volumosa,misturada com ureia, mas o produtor pode também optar pela silagem de milho e sorgo, além do feno… é importante que o produtor escolha a cultura que seja mais viável produzir nas suas condições e que o custo também seja menor…

Embrapa Gado de Leite lança Programa Alimento Seguro

Será lançado no segundo semestre deste ano o PAS Leite – Programa Alimento Seguro – voltado para a produção de leite idealizado pelo Sebrae, Senar e Embrapa Gado de Leite. Seu objetivo é promover a produção de leite seguro e de qualidade, reduzindo a Contagem de Células Somáticas (CCS) e a Contagem Bacteriana Total (CBT), duas das exigências da Instrução Normativa 51 (IN 51), do Ministério da Agricultura e do Abastecimento (MAPA).

Segundo a pesquisadora da Embrapa Gado de Leite, Nívea Maria Vicentini, as ações de capacitação dos consultores estão na reta final. Cerca de 50 técnicos do Sebrae e Senar foram capacitados por pesquisadores e analistas da Embrapa para atuarem como consultores do Programa.
O Programa pretende ir além da IN 51, preconizando o controle de antibióticos e da temperatura de armazenamento do leite, bem como a redução de microtoxinas no produto.

Seis estados participam do PAS Leite: Minas Gerais, Santa Catarina, Goiás, Alagoas, Ceará e Paraná. Após receberem o treinamento ministrado pela Embrapa, os consultores do Sebrae/Senar levaram as informações do Programa a algumas fazendas destes estados. “Aproximadamente 90 produtores tiveram acesso aos trabalhos de consultoria do Programa”, informa Nívea.

O PAS Leite é baseado em alguns princípios das Boas Práticas de Produção Agropecuária (BPAs). Os Campos Experimentais da Embrapa Gado de Leite estão passando por um processo de adequação às BPAs para se tornar unidades demonstrativas e servir de apoio ao Programa.

Informações Embrapa Gado de Leite

Compostagem é abordado em revista especializada

A edição de março/abril da Revista ABCZ, publicação da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu, traz uma reportagem especial sobre Compostagem, na seção Sanidade.

O pesquisador da Embrapa Gado de Leite, Marcelo Henrique Ottoni, foi o entrevistado e fala sobre a técnica que permite o descarte de carcaças e outros resíduos biológicos, como fetos e restos de parição, sem prejuízos ao meio ambiente.

Leia a reportagem na íntegra na Revista ABCZ.